DIOGO XAVIER DA CUNHA

Diogo Xavier da Cunha (nascido em 1971), Sócio e Presidente do Conselho de Administração da Miranda & Associados, na qual ingressou em 1999. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (1995), tendo parte do 5ª ano sido concluída na Faculdade de Direito da Universidade do País Basco, em San Sebastian. Inscrito na Ordem dos Advogados desde 1997 e na Law Society, como Solicitor of the Supreme Court of England and Wales, desde 1998. Tem ainda uma pós-graduação em Estudos Europeus pela Universidade de Coimbra (1997).

Iniciou a sua atividade profissional como estagiário num escritório de pequena dimensão em Coimbra entre 1995 e 1996. Ainda em 1996, mudou-se para Londres para ingressar numa firma especializada em operações e transações entre o Reino Unido e Portugal, onde permaneceu até 1999, ano em que ingressou na Miranda & Associados.

Ao longo dos anos tem prestado apoio jurídico a diversas empresas internacionais com atividade em Portugal e no estrangeiro. Trabalha predominantemente na área do direito da energia, em especial no domínio do petróleo e gás, intervindo ainda regularmente em matérias de direito societário e comercial e de investimento externo. Participa regularmente em operações societárias e aconselha diversas empresas estrangeiras e portuguesas dos setores mineiro, petrolífero e da energia em geral relativamente em diferentes matérias, tais como aquisições de sociedades, arbitragem comercial internacional, contratos de petróleo e gás, regulação da energia, contratos em geral e operações de investimento estrangeiro. Intervém ainda, com regularidade, em operações de financiamento transfronteiriças, designadamente associadas a projetos de infra-estruturas.

É, há praticamente 20 anos, o sócio responsável pelo grupo de jurisdição de Moçambique, assegurando a coordenação da relação com a firma parceira da Miranda em Moçambique, a Pimenta e Associados. É também Co-Coordenador da Área de Prática de Energia.

É membro da Direcção da Câmara de Comércio Portugal Moçambique.

O Diogo colabora regularmente com diversos jornais e publicações, tendo publicado artigos e estudos sobre vários temas jurídicos, designadamente no domínio da energia.

É fluente em inglês e castelhano, tendo ainda bons conhecimentos de francês.

RELACIONADOS
PUB